AgriculturaAgronegócioDestaqueMato GrossoPolítica

MT- Presidente Bolsonaro entrega tratores a indígenas e defende cultivo em áreas demarcadas

Em seminário sobre o desenvolvimento econômico indígena, presidente diz que "os índios precisam ter direito de fazer com terras das aldeias o mesmo que os fazendeiros fazem com as deles"

Garantir a autonomia econômica das comunidades indígenas, seja por meio da agricultura, do turismo ou de outras atividades. O assunto está no centro das debates do “Seminário Regional Etnodesenvolvimento e Sustentabilidade – Centro-Oeste”, que teve programação iniciada na terça-feira (17/08/21), e seguiu até esta sexta-feira(20), em Cuiabá (MT). O ponto alto do encontro, porém, ocorreu nesta quinta-feira, 19, com a presença do presidente da República, Jair Bolsonaro.

Após chegar em carro aberto ao local do evento, Bolsonaro fez a entrega simbólica de tratores às comunidades indígenas e reforçou o apoio do governo federal ao desenvolvimento e à “independência econômica” das aldeias. Confira no vídeo.

 

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, também participou do encontro e afirmou que a doação de tratores é apenas uma das ações do Governo Federal frente às demandas indígenas. “Hoje são estes tratores, mas já tem pedido de indígenas que querem construir armazéns nas aldeias, porque já têm muita soja e muito milho, mandioca, agricultura familiar, e precisam ter seus estoques para ter melhores preços. Então, estamos aqui hoje entregando esses tratores e essa é uma política nacional, vamos fazer mais”, comentou.

Já o presidente da Funai, Márcio Xavier, destacou o trabalho conjunto com o Ministério da Agricultura para que os índios possam ter acesso à Declaração de Aptidão ao Pronaf, reforçando que espera avançar com essa demanda até o fim do ano. Xavier também fez o compromisso de entregar R$ 2 milhões em tratores e equipamentos agrícolas para comunidades indígenas.

Lideranças do setor produtivo também participaram do evento. Confira o que disseram o superintendente do Senar-MT, Francisco de Castro, e o presidente da Aprosoja Brasil, Antonio Galvan.

 

Canal Rural

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios