DestaqueEsportesMato Grosso

Vereador de Água Boa aposta na derrota do Flamengo perde R$ 50 Mil reais o assunto viraliza nas redes sociais e vira caso de polícia

As pessoas que ganharam as apostas antes de descontarem os três cheques pagos na aposta publicaram a foto dos cheques nas redes sociais no intuito de denegrir a imagem politica do parlamentar.

Esportes

Mesmo pagos, a copia dos cheques apostados vazam nas redes sociais com palavras chulas e deixou o parlamentar constrangido.

O vereador pelo município de Agua Boa-MT, na região do Vale do Araguaia, Demilson Augusto de Carvalho (PSB) popularmente conhecido por “Bicho” apostou com três “amigos” da cidade no sábado (23.11) em um dos times que disputava a final da Copa América, entre Flamengo e River Plete. O jogo resultou na vitória de virada do Flamengo por 2×1 já no finalzinho do segundo tempo sobre o forte River Plate da Argentina, a decisão na bola ocorreu em campo do estádio monumental de Lima, a capital do Peru e foi transmitida para mais de oitenta países. Já a disputa por danos morais devera se desdobrar em breve na justiça após a confecção de um boletim de ocorrência registrado pelo vereador nesta tarde de segunda-feira (27).

 

Com a emoção da disputa e “espirito esportivo” o vereador, Bicho, foi desafiado pelos três esportistas a apostar em seu time preferido, o trio se juntou e apostaram na vitória do flamengo sobre o River Plate, contra a aposta do 1º suplente de vereador Demilson Bicho, que não restou outra alternativa a não ser apostar na vitória do River sobre o Flamengo, o que não ocorreu.

 

Com dinheiro e cheques casados na mesa a aposta chegou a R$ 50 Mil reais com o total de quatro apostadores: Eduardo Gnoop, conhecido por Dudu e mais dois amigos conhecidos apenas por Welington e Marcio Mangueira. Os valores exorbitantes das apostas foram testemunhados por varias pessoas.


1º suplente de Vereador Demilson Augusto, o Bicho.


Em entrevista ao site Noticia dos Municípios, ainda abalado com o caso, o vereador Demilson Bicho confirmou que realmente fez as apostas. “Fiz as apostas sim, inclusive não paguei nenhuma com cheque sem fundos, os ganhadores descontaram os meus cheques nesta manha de segunda-feira (25.11) no banco. Sou um homem honesto e trabalhador o suficiente para honrar meus compromissos, vivo do meu trabalho, o que eles querem é denegrir a minha boa imagem de homem publica conquistada ao longo dos anos” Desabafou o vereador ao chama-los de desonestos, sem ética e de irresponsáveis.

 

Finalizando a entrevista Edmilson Bicho disse que não esta revoltado pelo fato de ter perdido as apostas para os “vitoriosos”, mas pela forma que seu nome foi jogado ao vento e que tomou grandes repercussões. “eles exibiram e compartilharem meus 3 cheques em grupos como se fossem troféus antes mesmo de passarem no banco para desconta-los. Esses irresponsáveis usaram de má fé comigo, expuseram a minha vida e estão tentando denegrir a minha imagem de pessoa publica.”. Desabafou Demilson em entrevista a nossa reportagem direto da delegacia via telefone, ladeado do seu advogado.

 

OUTRO LADO

 

Por telefone tentamos falar com apostador Eduardo Gnoop, conhecido por Dudu, para comentar sobre o assunto, mas surpreso o mesmo se furtou a falar com a nossa reportagem, se limitando apenas em afirmar que não sabia do que se tratava e que ele não seria a pessoa que estava procurando para entrevista-lo.

 

Dudu disse desconhecer o assunto e que viu apenas a repercussão do assunto na cidade. Enquanto alegava não ser ele o vereador Demilson Bicho afirmava sendo Dudu uma das pessoas que também apostou e que ficou responsável para segurar os cheques das apostas, sendo um de R$ 10.000,00 e outros dois no valor de R$ 20.000,00, ambos do Banco Sicredi.

 


Boletim de ocorrência feito pelo vereador e seu advogado


Nas redes sociais os cheques foram postados com a seguinte frase: “Se ta ruim pra vc, imagina pro vereador de 
Água Boa-MT, Denilson Augusto de Carvalho, Vulgo bicho que apostou no River e perdeu R$ 50.000,00”

Fonte:Notícia dos Municípios

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios