DestaqueMato GrossoPolícia

MT- Menina de 15 anos tenta matar a mãe com facão e ameaça policiais

Eles precisaram atirar na perna dela para conseguir imobilizá-la.

Menor de 15 anos foi apreendida no final da tarde de segunda-feira (01/02/21), na cidade de Vera (458 km ao Norte de Cuiabá), após tentar matar a mãe, mulher de 49 anos, com golpes de facão. Policiais militares foram acionados, mas por pouco não foram esfaqueados pela menina. Eles precisaram atirar na perna dela para conseguir imobilizá-la.

De acordo com as informações da PM, o caso foi registrado por volta das 17h40, quando o Conselho Tutelar acionou a viatura relatando que uma menor estava tentando matar a mãe com um facão no bairro Sol Nascente. Quando chegaram no local, encontraram a vítima na rua segurando um facão.

Aos policiais a mulher disse que a filha estava dentro de casa e que pegou outra faca para se defender, já que estava sendo vítima de uma tentativa de homicídio e precisava amedrontar a agressora. Policiais tentaram entrar na casa, mas o portão estava trancado, por isso, precisaram pular o muro.

Com a ajuda de uma escada da casa vizinha, pularam no quintal e já foram surpreendidos pela agressora com o facão em punhos. Eles pediram para ela soltar a arma, mas não obedeceu, também foi ordenado para ela não se aproximar dos policiais, o que não aconteceu.

A menor se aproximou e ainda deu investidas e golpes contra os militares, que precisaram realizar um disparo de arma de fogo na perna da suspeita, próximo do tornozelo. Depois disso, a menor soltou a faca e foi algemada e encaminhada ao Pronto-Socorro.

Para entrar na casa, foi necessário quebrar o cadeado do portão. Um dos policiais cortou dois dedos na tentativa e precisou de atendimento. Menor afirmou que mataria os militares durante o trajeto até a unidade de saúde.

Com a situação controlada, a mãe da menor contou que a filha faz uso de medicamento controlado, mas que já estava há alguns dias sem toma-lo. Acontece que o custo não cabe no orçamento da família.

Ela alegou ainda que já acionou o município judicialmente para que seja disponibilizado pela rede pública o medicamente e que uma decisão ainda é aguardada. Polícia Civil e Conselho Tutelar vão acompanhar o caso.

 

Gazeta Digital

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios