DestaqueMato Grosso

Placas do Mercosul passam a valer no sábado (1°) e preço médio em MT é de R$ 120

A placa do Mercosul passa a ser exigida a partir do próximo sábado (1º), em todo o país. Entretanto, de acordo com o Departamento de Trânsito de Mato Grosso (Detran-MT), Mato Grosso e outros 17 estados ainda não aderiram ao sistema.

 

Por outro lado, o Detran-MT já realizou todas as alterações necessárias para a implantação do novo modelo de emplacamento e aguarda a gestão por parte do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) para aderir a esse novo modelo de placa. O prazo estimado para a adesão é de 60 dias, a partir do dia 31 de janeiro.

 

O novo modelo deve ser adotado pelos proprietários de veículos que fizerem o primeiro emplacamento e os que precisarem de transferência para outro município ou estado.

 

A obrigatoriedade deste novo modelo está prevista na Resolução nº 780/2019 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), que também prevê a instalação da nova placa em casos de roubo, furto, dano ou extravio da placa, e nos casos em que haja a necessidade da segunda placa traseira.

 

Ainda segundo o Detran-MT, o valor atual do par de placas no estado é de aproximadamente R$ 120. O valor cobrado pelo estampador. Esse serviço é realizado por empresas credenciadas.

 

Porém, será feito um estudo para a fixação do valor máximo a ser cobrado. Essa medida evitará cobrança abusiva e permitirá a prática da livre concorrência, garantindo menores preços para o cidadão.

 

Quem precisará trocar

Veículos novos:

-Primeiro emplacamento.

 

Veículos em circulação:

-Troca de município e/ou estado;

-Se as placas forem furtadas;

-Se as placas forem danificadas.

Fonte:G1 MT

 

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios