DestaqueEstupro de vulnerávelMato GrossoPolícia

MT- Mulher sai de casa para pedir ajuda e ao retornar flagra marido nu em cima da filha

Uma menina de 13 anos, nome não divulgado, foi estuprada pelo padrasto e o crime foi flagrado pela mãe da vítima, que chegou em casa, na manhã da última quarta-feira (23/12/20). A mulher encontrou o marido deitado sobre a filha, ambos nus.

O crime foi registrado no Centro de Ipiranga do Norte MT.

De acordo com a ocorrência, a mulher teria saído bem cedo de casa para ir ao Centro de Referência de Assistência Social (Cras) do município, onde teria pedido ajuda, pois, estava morando no município há pouco tempo e passando por dificuldades financeiras.

Após se cadastrada no Centro de Apoio, voltou para casa por volta das 08h30, quando flagrou o acusado deitado sobre a filha, os dois já sem roupas.

A mulher teria relatado que o marido se assustou, levantou rápido e se vestiu. Ao questionar o fato, ele a teria empurrado, dito que ‘aquilo não era da conta dela’ e saído da residência.

Em conversa com a menor, a menina revelou que o padrasto havia ameaçado matar a mãe dela se não mantivesse relações sexuais com ele.

A Polícia Militar (PM) foi acionada pela testemunha que relatou os fatos e identificou o marido. Os militares saíram em buscas pela região, mas o estuprador não foi localizado.

A ocorrência foi registrada por crime de estupro de vulnerável e a ocorrência encaminhada à Delegacia de Polícia Civil, responsável por investigar os fatos e buscar pelo paradeiro do pedófilo.

 

Repórter MT

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios